Foco do governo muda com mínimo aprovado, diz Palocci

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse que a aprovação do salário mínimo de R$ 260 pela Câmara dos Deputados, ontem, permitirá ao governo se concentrar em tarefas que devem tornar o mercado brasileiro mais atraente para investidores. ?De agora em diante, nos concentraremos na agenda microeconômica para fortalecer o ambiente de negócios e as instituições brasileiras.?Palocci afirmou que a prioridade do governo passa a ser a aprovação da reforma das agências regulatórias, da nova lei de falências e de projetos de criação de crédito para a construção civil. De acordo com o ministro da Fazenda, o governo não pretende que ?essas reformas sejam aprovadas em um mês, mas que essa agenda seja consolidada?.

Agencia Estado,

24 de junho de 2004 | 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.