Focus: IPCA para 2008 mantém-se em 6,14%

Essa foi a primeira estabilidade após nove semanas consecutivas de redução dessa projeção

Fernando Nakagawa,

06 Outubro 2008 | 08h51

O mercado financeiro manteve a mediana das expectativas para o IPCA em 2008 em 6,14%, mostra a pesquisa Focus divulgada há pouco pelo Banco Central. Essa foi a primeira estabilidade após nove semanas consecutivas de redução dessa projeção, que há quatro semanas estava em 6,27%. Para 2009, no entanto, analistas continuaram a reduzir as expectativas para IPCA e a mediana caiu de 4,90% para 4,85%, o que correspondeu à quarta redução seguida. Há quatro semanas, a expectativa estava em 5%.   A projeção suavizada para o IPCA nos próximos 12 meses teve tendência contrária e apresentou leve ajuste, de 5,14% para 5,15%, ante o nível de 5,22% registrado há um mês.   Entre as instituições que mais acertam as projeções colhidas pelo BC, o chamado Top 5, no cenário de médio prazo, a mediana para o IPCA 2008 manteve-se em 6,16%, contra 6,37% de quatro pesquisas antes. Para 2009, esses analistas mantiveram a projeção em 4,98%, ante o patamar de 5,10% observado há um mês.   Entre todos os analistas consultados, a mediana para o IPCA em setembro caiu de 0,21% para 0,20% e, para outubro, de 0,37% para 0,36%. Há quatro semanas, essas duas estimativas eram 0,34% e 0,40%, respectivamente.   Na mesma pesquisa, a estimativa para o IPC-Fipe em 2008 caiu de 6,42%, para 6,38%, ante um nível de 6,41% registrado há quatro pesquisas. Para 2009, a estimativa caiu de 4,70% para 4,59%, inferior aos 4,67% de quatro semanas atrás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.