Focus prevê queda do PIB em 2012, de 3,50% a 3,46%

As previsões para o crescimento da economia brasileira voltaram a piorar. Pesquisa semanal realizada pelo Banco Central junto aos analistas de mercado mostra que a mediana das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 - índice que mede o tamanho da economia - caiu de 3,50% para 3,46%, ante 3,50% de quatro semanas antes. Antes da retração desta semana, a estimativa seguia estável por três semanas.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

28 de novembro de 2011 | 09h36

Para 2011, os números seguiram a mesma trajetória e a expectativa de crescimento da economia caiu de 3,16% para 3,10%. Há um mês, o mercado previa alta para o PIB de 3,29% em 2011.

Em linha com a economia mais fraca, as projeções para o desempenho do setor industrial também pioraram. Para 2012, a expectativa de expansão do setor caiu de 3,50% para 3,46%. Há um mês, o mercado apostava em avanço industrial de 3,50% no próximo ano. Para 2011, os números são ainda piores: a aposta de crescimento foi reduzida de 1,37% para 1,33%, na quarta queda seguida. Quatro semanas antes, a estimativa estava em 2%.

Na pesquisa, analistas não alteraram a previsão para o comportamento do indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB. Para 2012, foi mantida a expectativa de que o dado deve ficar em 38% do PIB, número repetido há 23 semanas. Para 2011, a previsão manteve-se em 38,60%, ante 38,85% de um mês atrás.

Tudo o que sabemos sobre:
BCFocusPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.