Focus reuz previsão para PIB de 2009 de 0,21% para -0,26%

 O mercado financeiro piorou a projeção para o comportamento da economia brasileira em 2009 e voltou a prever queda do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. De acordo com a pesquisa Focus divulgada há pouco pelo Banco Central, a mediana das previsões passou de uma expansão de 0,21% para uma contração de 0,26%. A piora acontece após a divulgação na semana passada de números menores que o esperado para o PIB no terceiro trimestre. Há quatro semanas, os analistas previam que a economia brasileira cresceria 0,21% em 2009. Para 2010, foi reforçada a previsão de recuperação da atividade e a estimativa de expansão do PIB melhorou de 5% para 5,03%. Há um mês, o mercado esperava crescimento de 5%.

14 de dezembro de 2009 | 08h58

Essa recuperação da economia brasileira no próximo ano deve ser liderada, na avaliação dos analistas, pelo setor industrial. A expectativa de expansão da produção nas fábricas em 2010 melhorou na pesquisa de 6,85% para 7% ante 6,55% de quatro semanas atrás. Para 2009, o mercado reduziu a estimativa de queda na produção de -7,73% para -7,65%. Com esse ajuste, o número esperado para a produção industrial em 2009 se aproxima do observado há quatro semanas que era -7,64%. (Fernando Nakagawa)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.