Força Sindical anuncia greve de metalúrgicos de um dia

A Força Sindical informou hoje que está convocando os metalúrgicos vinculados à entidade a paralisarem seus serviços amanhã. O presidente da Força, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, está reunido com os dirigentes da entidade para definir os detalhes do movimento. Pelos cálculos da Força Sindical, cerca de 100 mil metalúrgicos da Grande São Paulo deverão aderir à greve de um dia. Segundo a assessoria de imprensa da entidade, o ato é decorrência da falta de acordo com os sindicatos patronais nas negociações sobre a reposição salarial da categoria. A reivindicação inclui: reajuste de 15%, manutenção das cláusulas sociais, participação nos lucros e resultados (PLR), garantia de emprego e redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. Além da paralisação, uma passeata sairá da estação Paraíso do Metrô, por volta das 9 horas do dia 1º de novembro, em direção à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Paulinho, vai estar às 6 horas da manhã dessa sexta-feira comandando a greve na Monark.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.