Força Sindical critica "nefasta estratégia" do Copom

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, classificou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter a taxa Selic em 26,5% "como uma iniciativa que dá seguimento a uma nefasta estratégia econômica que, na prática, sufoca a economia". Em nota, ele afirmou que os membros da equipe econômica do governo federal são "insensíveis tecnocratas por adotarem medidas que contêm o crescimento econômico". "A conseqüência danosa dessa medida antisocial evidencia-se na recessão, escassez de crédito, redução do consumo e aumento dos já insuportáveis índices de desemprego", diz o comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.