Força Sindical culpa o governo Lula pelo desemprego

A Força Sindical responsabiliza a política econômica aplicada pelo governo Lula como razão para o índice de desemprego na Grande São Paulo de 20,6%, em maio, apurado pelo Dieese. "A falta de sensibibilidade do governo federal em não criar uma política voltada para o crescimento econômico e o fomento da produção está resultando nessa situação insustentável", diz a nota da central. "Sabemos que a falta de emprego e de perspectiva é um detonador da desesperança e do caos social, e os atuais índices servem de alerta".No documento, intitulado "Mais do mesmo", a central argumenta que "há tempos" tem sido crítica sobre a política econômica. "A somatória de juros altos, mais contigenciamento de verbas públicas e impostos exorbitantes resultam na triste situação revelada hoje: em cada cinco trabalhadores, um encontra-se privado de trabalhar", diz.A nota afirma que a Força e demais centrais sindicais articulam o envio ao governo federal de "medidas compensatórias" que amenizem a situação dos desempregados. "Entre as medidas, estão o aumento do número de parcelas do seguro-desemprego, distribuição de cestas básicas e criação de frentes de trabalho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.