Força Sindical negocia FGTS retido pelo governo

Na negociação da correção nas contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) referente aos planos Verão e Collor1, a Força Sindical apresentará suas propostas separadamente das demais centrais sindicais.Segundo, Eleno José Bezerra, secretário da Força Sindical, não se trata de um rompimento com a Central Única dos Trabalhadores (CUT). "Todas as propostas apresentadas, mesmo que separadamente, continuarão sendo debatidas nas reuniões das centrais com o governo." A Força quer o pagamento imediato dos expurgos para quem possui saldos de até quatro salários mínimos. Acima disso, a diferença poderia ser paga por meio de ações de estatais e outros ativos, como imóveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.