Força Sindical: regras da Vale podem mudar

A Força Sindical informou que seu presidente, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, conversou hoje com o presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, a respeito da compra de ações da Vale do Rio Doce por trabalhadores. Segundo o sindicato, o presidente teria concordado em aumentar o desconto de 5% para 10%, para investimentos de um ano.O presidente também teria concordado com outra reclamação da Força Sindical, de que o prazo de adesão, ainda não definido, mas que será entre meados de fevereiro e de março deste ano, seria muito curto. De acordo com o sindicato, Fernando Henrique Cardoso iria conversar com o presidente do BNDES, Eleazar de Carvalho, sobre a possibilidade de se ampliar esse prazo.A reclamação do sindicato se deve ao fato de que o desconto de 5% seria muito pequeno para que os trabalhadores pudessem ter um bom retorno com o investimento, e que o prazo muito curto não seria democrático, pois não daria tempo ao investidor para pensar com calma a respeito. Segundo a Força Sindical, as mudanças serão divulgadas nas próximas horas ou amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.