Força Sindical vê caos social com desemprego recorde

Os resultados de desempregado apresentados hoje pelo IBGE e pelo Dieese em parceria com a Fundação Seade "demonstram claramente" que o Brasil está "entrando num período de caos social e desesperança", diz nota do presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho. Para ele, o desemprego "é resultado da insensibilidade da equipe de tecnocratas" que executam uma "política recessiva baseada no tripé juros altos, contingeciamento estrondoso das verbas públicas e falta de uma política com foco no fomento da produção e emprego".O sindicalista acredita que o governo Lula está voltado para "a especulação em detrimento da produção e do emprego". Segundo a nota, a falta de emprego coloca o País "na equação perversa em que, sem emprego, não há renda, resultando em queda de produção".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.