FORD/DIVULGAÇÃO
FORD/DIVULGAÇÃO

Ford conclui venda da fábrica de São Bernardo do Campo

Construtora São José e FRAM Capital, que compraram a unidade onde eram produzidos carros e caminhões, não informaram qual será o novo destino do terreno do ABC paulista

Cleide Silva, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2020 | 12h45

A Ford divulgou nota neste sábado, 31, que conclui a venda da fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, para a Construtora São José, especializada em empreendimentos logísticos, e para a FRAM Capital, empresa de gestão de recursos


A transação, segundo a companhia,  é resultado de um processo de seleção que envolveu uma série de potenciais compradores – entre eles o grupo Caoa - , e as duas empresas apresentaram a melhor alternativa para a área e para a região.

“Desde o início deste processo, demos prioridade para projetos que melhor atendessem as necessidades da região”, afirma, na nota, Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul. “Estamos muito felizes em concluir essa transação com a Construtora São José e com a FRAM, empresas conceituadas e com ampla experiência em seus segmentos de atuação, que contribuirão com a geração de empregos e o desenvolvimento de São Bernardo do Campo”.

Mauro Silvestri, sócio-fundador da Construtora São José, se limitou a dizer, também na nota, que “grandes realizações se concretizam com trabalho e dedicação, fruto de muito esforço e compromisso de todos, com propósitos firmes”. O memorando de venda foi assinado há quase quatro meses.

Logística

A empresa ainda não deu detalhes do que fará na área onde a Ford manteve a produção de carros e caminhões durante 52 anos.  Na época da assinatura do memorando, o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, disse que  o grupo pagaria R$ 550  milhões pela área.

Também afirmou que a construtora deve instalar no local centros de logística. A venda ocorreu um ano e quatro meses após a empresa anunciar o encerramento da produção na unidade, em fevereiro de 2019. O fechamento total ocorreu em outubro do ano passado. A unidade produzia o automóvel Fiesta e caminhões, e empregava 2,8 mil trabalhadores.

A São José atua no setor de construção há 37 anos com foco no segmento de alto padrão. Em seu site, informa que vem intensificando sua participação em dez Estados nos setores de hotéis, loteamentos, shopping centers e outlets. O grupo foi responsável pela construção, no ABC, do Shopping São Bernardo Plaza, com 200 lojas.

Morando disse que a prefeitura está disposta a auxiliar e viabilizar a chegada do empreendimento o quanto antes à cidade, para gerar empregos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.