bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Ford estuda venda da marca Jaguar, segundo jornal

A empresa automobilística Ford está estudando a venda da marca Jaguar, como parte de uma revisão estratégica de suas operações que incluiria uma aliança com outros fabricantes, informou hoje o jornal financeiro "The Wall Street Journal".O artigo foi publicado hoje, horas depois de a Ford ter divulgado os decepcionantes resultados de vendas em julho, mês em que perdeu 34% de suas vendas em comparação ao mesmo período de 2005.Recentemente, a Ford também informou ter perdido US$ 123 milhões durante o segundo trimestre do ano, depois de o Grupo Automobilístico Premier (PAG, que reúne as marcas européias da Ford, inclusive a Jaguar) ter perdido US$ 162 milhões. No ano passado, o PAG tinha ganhado US$ 17 milhões no mesmo período.O jornal informou que o presidente da Ford, Bill Ford, encarregou Kenneth Leet, antigo diretor da Goldman Sachs e Bank of America, de dirigir a revisão das operações da empresa.Um dos objetivos de Leet seria a eliminação no Grupo Ford das operações de pouca rentabilidade, como a marca britânica Jaguar, que desde sua aquisição por US$ 2,6 bilhões, em 1989, só trouxe prejuízo para a empresa americana.Analistas do setor indicaram que a Jaguar (ao contrário das outras marcas da PAG, como Volvo ou Land Rover) sofre com problemas estruturais difíceis de serem resolvidos, já que não fabrica veículos suficientes para recuperar o investimento feito em sua produção.A Jaguar vendeu cerca de 3.000 carros X-Type nos Estados Unidos durante os seis primeiros meses do ano, enquanto o fabricante alemão BMW vendeu 60.000 unidades de seu concorrente direto, o Série 3.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.