Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ford quer reduzir 30% do custo administrativo, diz jornal

O Conselho de Administração da Ford Motor poderia começar a analisar nesta quarta-feira um plano que contempla cortar em 30% os custos de emprego em escalas administrativas e de direção, informa na edição desta quarta o The Wall Street Journal.De acordo com esse plano, a empresa poderia reduzir o número de empregados com cargos de responsabilidade e haveria menos cortes em níveis de emprego com menor salário, segundo o jornal.O fabricante automobilístico tentaria primeiro reduzir o quadro de funcionários com a oferta de aposentadorias antecipadas e a suspensão de contratações, entre outras medidas, antes de aplicar demissões, de acordo com a mesma fonte. Também poderia diminuir alguns benefícios que os trabalhadores recebem, como pensões e cobertura médica.A companhia, que não quis comentar sobre os possíveis cortes, tem cerca de 35 mil empregados assalariados nos Estados Unidos, incluindo mais de 2 mil cargos de direção.A Ford está sob pressão para acelerar planos que reduzam seus custos, após registrar perda de US$ 254 milhões no segundo trimestre deste ano e reduzir suas vendas em julho e agosto mais do que esperava, afirma o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.