Ford tem maior lucro em uma década, de US$ 6,6 bi

Resultados foram positivos em todas asregiões; na América do Sul, com Brasil à frente, ganho foi de US$ 1 bilhão

Cleide Silva, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2011 | 00h00

A Ford obteve em 2010 lucro de US$ 6,6 bilhões em sua operação global, o maior ganho em uma década e mais que o dobro em relação ao resultado do ano anterior. O grupo encerrou o período com US$ 20,5 bilhões em caixa, montante que supera em US$ 1,4 bilhão o total de sua dívida.

As quatro regiões em que atua foram lucrativas. Nos Estados Unidos, o grupo teve lucro de US$ 5,4 bilhões, e na América do Sul, onde o Brasil responde por 60% das vendas, o ganho foi de US$ 1 bilhão, 30% acima do exercício anterior. Europa e Ásia/África, que fecharam no vermelho em 2009, tiveram balanços positivos de US$ 182 milhões e US$ 189 milhões, respectivamente.

"Estamos investindo significativamente em produtos, tecnologia e crescimento em todas as regiões do mundo como jamais visto", disse, em nota, o presidente da companhia, Alan Mulally.

O presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira, ressaltou que as operações na região contabilizam 28 trimestres seguidos de lucratividade. "Atingir esses objetivos reflete o sucesso de nossos planos, com produtos cada vez mais globais", disse. "Essa estratégia viabilizou o início do maior investimento da história da Ford no Brasil, de R$ 4,5 bilhões", até 2015.

As dívidas totais da companhia com agentes financeiros foram reduzidas em 43%, com a quitação de US$ 14,5 bilhões. "Só em pagamento de juros vamos economizar US$ 1 bilhão ao ano", informou Rogelio Golfarb, diretor da Ford no Brasil.

A Ford deu como garantia a maioria de seus ativos para obter financiamento de US$ 23,5 bilhões em 2006, movimento que permitiu custear o desenvolvimento de novos produtos sem ter de recorrer ao governo americano, a exemplo do que fizeram General Motors e Chrysler.

A Ford vendeu 5,31 milhões de veículos, 9,2% a mais que no período anterior. No Brasil, terceiro maior mercado da marca, foram vendidos 365,9 mil veículos, 12,4% acima de 2009.

Asiáticas. A Hyundai obteve lucro de cerca de US$ 4,7 bilhões em 2010, alta de 77,8% em relação a 2009. As vendas da marca coreana aumentaram 16,3%, para 3,6 milhões de veículos. No Brasil, foram vendidas 106 mil unidades, alta de 49,2%. A Kia vendeu 2,13 milhões de veículos, 38,9% a mais que em 2009. Seu lucro atingiu cerca de US$ 2,5 bilhões, um aumento de 55,4%. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.