Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Fórum do ‘Estadão’ discute reforma da Previdência

Evento ocorre em São Paulo, na sexta-feira, é gratuito e vai reunir representantes do governo e especialistas

Impresso

30 Agosto 2017 | 05h00

O Estadão realiza nesta sexta-feira, dia 1.º de setembro, em São Paulo, o Fórum Reforma da Previdência, para discutir os principais pontos do projeto do governo em debate no Congresso Nacional e as alternativas para a seguridade social brasileira.

Organizado em parceria com o Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Irice), o fórum terá a presença do secretário da Previdência, Marcelo Caetano, que será entrevistado pelo editor executivo do Estadão Alberto Bombig e pelo colunista de Economia Celso Ming.

Em outro painel do fórum, especialistas analisarão o cenário atual da Previdência e as perspectivas para os próximos anos. Participarão dessa sessão o assessor especial da Casa Civil Bruno Bianco Leal, o economista e pesquisador Fernando de Holanda Barbosa Filho, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, e o economista-chefe da Lopes Filho & Associados, Julio Hegedus Netto.

A reforma da Previdência faz parte da agenda prioritária do governo Temer, mas sua votação no Congresso é incerta. Pesquisa da consultoria Arko Advice, com 201 dos 513 deputados federais, mostra que para 83% a reforma não será aprovada este ano.

O governo tenta reverter esse cenário e já trabalha com a ideia de aprovar um projeto menos ambicioso. O próprio presidente Michel Temer declarou ao Estadão no início de agosto que a reforma “não será tão abrangente” e chamou a proposta de “atualização previdenciária”.

O evento, gratuito, ocorre das 8h às 12h, no auditório Millenium (Av. Chedid Jafet, 222, Bloco B, Vila Olímpia).

Inscrições pelo site www.estadaoeventos.com.br/previdencia. O debate tem apoio da Rio Bravo Investimentos e do Instituto Millenium.

Mais conteúdo sobre:
Estadão Marcelo Caetano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.