Fox diz que México está pronto para o Mercosul

O presidente mexicano Vicente Fox afirmou que seu país está pronto para fazer um acordo com o Mercosul, reforçar os laços comerciais com a América Latina e preparar o continente para a Alca, bem como para enfrentar outros mercados, especialmente o da China. Em entrevista exclusiva à Globo News, durante sua passagem ontem por São Paulo, Fox explicou que a demora para a aproximação do México com a América Latina se deveu ao fato de seu país ter se ocupado, durante dez anos, em construir uma relação com os Estados Unidos e o Canadá, através do Nafta. "Mas há quatro anos meu governo decidiu voltar seu olhar para o Sul e somar-se num esforço latino-americano. Agora, estamos prontos para fazer um acordo Mercosul-México, que vai trazer muitas vantagens para todos."Balança comercialFox realçou que seu país tem uma balança comercial significativa de 400 bilhões de dólares. "Compramos 200 bilhões, e vendemos 200 bilhões. Imagino que isso representa uma oportunidade para as empresas e os investidores brasileiros, bem como para os consumidores dos dois países. Todos ganham com uma situação como essa."AlcaO presidente mexicano não aconselha um enfrentamento com os Estados Unidos em relação à Alca, bem como a rejeição deste acordo de antemão. "Mas, ao mesmo tempo, queremos assegurar que este acordo continental seja justo e equitativo para todos. Tem que ser vantajoso para os países menores e mais pobres. Mas para chegar a isso é preciso consolidar o que já temos, somando os acordos bilaterais e regionais. Assim, poderemos chegar a um acordo continental que nos tornará competitivos, podendo com isso enfrentar o desafio chinês e o desafio asiático. Eles estão ganhando os mercados por não estarmos unidos na América Latina. Algumas preocupações sobre a Alca e outros acordos comerciais vêm do fato de sabermos que as grandes economias subsidiam seus produtos agropecuários. Tememos enfrentar essa situação, mas eu recomendo que a enfrentemos. Que não vejamos os equívocos ou pontos ruins de um acordo, mas que, levando isso em conta, cheguemos a um entendimento, trocando os comentários negativos por conteúdos positivos."Elogio a LulaVicente Fox considera o presidente Lula um líder, acrescentando que ele tem uma visão equilibrada. "O presidente (brasileiro) tem promovido teses de uma economia de mercado com responsabilidade social, de disciplina financeira, monetária e orçamentária. Isso, seguramente, vai gerar no Brasil o crescimento econômico." O presidente mexicano ressaltou, também, que Lula é um líder comprometido com as questões sociais, "que é exatamente a luta do México".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.