Fracassa reunião para encerrar greve dos bancários

A tentativa do presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Vantuil Abdala, de mediar a reabertura de negociações entre banqueiros e bancários em greve não deu certo. O coordenador da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), Magnus Apostólico, afirmou, depois de reunião de hoje de uma hora e meia com Abdala, que os bancos chegaram ao limite do que podiam oferecer à categoria. "Estamos no limite dos custos para se alcançar um acordo", disse. "Os bancos não têm condições de criar mais ônus, pois já ultrapassamos o limite do início da negociação".Estava prevista para segunda-feira uma reunião do presidente do TST com representantes dos grevistas, mas essa conversa não foi confirmada. Segundo Apostólico, a proposta de reajuste salarial - de 8,5% - "é a melhor dos últimos dez anos". O representante dos bancos negou que haja entraves específicos à reabertura de negociação em alguns bancos privados ou federais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.