Fraga e Figueiredo viajam a Buenos Aires nesta terça

O presidente do Banco Central, Armínio Fraga, e o diretor de Política Monetária do BC, Luiz Fernando Figueiredo, viajam nesta quarta-feira de manhã do Rio de Janeiro para Buenos Aires.Eles vão participar de reuniões no Ministério da Economia e no BC argentino para falar da experiência deles na gestão da política econômica no governo brasileiro a partir de 1999, quando houve a desvalorização do real e a implantação do regime de câmbio flutuante.Fraga e Figueiredo, de acordo com a assessoria de imprensa do BC, voltarão ao Brasil ainda na noite desta terça.Com essa viagem, os dois atendem a um convite feito pelo Ministério da Economia e pelo Banco Central da Argentina.O Banco Central do Brasil, na manhã desta segunda-feira, ainda estava indeciso sobre a proposta que partiu da equipe econômica do país vizinho.A assessoria do banco chegou a informar que aindanão estava definido sequer se algum funcionário da área técnica da instituição a para Buenos Aires.A idéia de convidar Fraga partiu do atual vice-presidente do BC da Argentina, Mario Blejer.Comampla experiência no Fundo Monetário Internacional (FMI), Blejer é apontado na Argentina como um eventualsubstituto do atual presidente do BC, Roque Maccarone, que foi indicado para o cargo pelo ex-ministroDomingo Cavallo e é defensor da dolarização da economia da Argentina.O encontro com Fraga eFigueiredo ocorre num momento próximo ao início das conversas entre o governo argentino e o FMI e daelaboração de um novo orçamento para este ano.Leia o especial

Agencia Estado,

14 de janeiro de 2002 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.