Fraga reafirma otimismo com economia do País

Em entrevista à Globo News, o presidente do BC, Armínio Fraga, reafirmou que o PIB crescerá 4,5% este ano, lembrou que os indicadores atuais da economia brasileira continuam favoráveis, dando a entender que, caso o quadro permaneça, a taxa Selic poderá cair novamente na reunião do Copom da próxima semana, e mostrou-se tranqüilo em relação ao crescimento do déficit comercial nas primeiras cinco semanas do ano e à alta do dólar, cuja cotação ultrapassou a barreira dos R$ 2 ontem. Fraga revelou ainda que a desoneração das exportações e a unificação das legislações estaduais sobre o ICMS serão os principais pontos do projeto de minireforma tributária a ser encaminhado proximamente pelo governo ao Congresso. E disse estar hoje menos preocupado que há dois meses com a desaceleração da economia americana. Para ele, a situação nos EUA pode acabar beneficiando as economias do Brasil e da Argentina, através da valorização do euro e de novas quedas no preço do petróleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.