carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

França estuda liberar reservas de petróleo para conter o preço

País europeu diz está estudando com seus parceiros todas as opções possíveis para lutar contra os aumentos no preço da commodity

Andréia Lago, da Agência Estado,

21 de março de 2012 | 17h55

O ministro de Energia da França, Eric Besson, disse hoje que a França e seus parceiros estão considerando a liberação dos estoques estratégicos de petróleo para ajudar a reduzir os preços da commodity.

Em comunicado, Besson afirmou que a "França está estudando com seus parceiros todas as opções possíveis para lutar contra os aumentos no preço do petróleo. Liberar parte das reservas estratégicas dos países industrializados é uma dessas opções".

Em junho de 2011, a Agência Internacional de Energia liberou parte das reservas estratégicas de petróleo de seus países membros pela terceira vez na história, ajudando a conter o salto nas cotações da commodity.

Besson observou que ficou satisfeito que a Arábia Saudita, maior produtor global de petróleo em termos de volume e um membro permanente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), tenha oferecido ajuda para atender à demanda por petróleo. Segundo o ministro francês, Kuwait e Emirados Árabes Unidos compartilham do mesmo compromisso feito pelos sauditas. As informações são da Dow Jones.  

Tudo o que sabemos sobre:
PetróleoFrançacommodity

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.