França precisa de reformas estruturais, diz Noyer

O conselheiro do Banco Central Europeu (BCE) e presidente do Banco Central da França, Christian Noyer, disse que o programa de reforma do presidente francês, François Hollande, projetado para impulsionar o crescimento e o emprego, está na direção certa, informou o jornal Les Echos em seu site nesta sexta-feira.

MARCELO RIBEIRO SILVA, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES E DA MARKET NEWS INTERNATIONAL, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2014 | 05h00

De acordo com a publicação, Noyer afirmou que o plano tem que ser acompanhado de fortes reformas estruturais para resolver alguma rigidez da economia.

O presidente do banco central francês disse que a autoridade monetária espera que a economia francesa cresça cerca de 0,9% em 2014. Além disso, ele espera que a inflação suba acima de 1% ainda este ano.

Noyer também afirmou que não há sinais de que sejam necessárias alterações na política monetária neste momento.

"Não há nenhuma evidência que justifique uma mudança na nossa política monetária neste momento", explicou o membro do conselho do BCE.

Tudo o que sabemos sobre:
françabcenoyer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.