França prevê fracasso na OMC e acusa Brasil

A ministra de Comércio Exterior da França, Christine Lagarde, disse nesta quinta-feira que está "pessimista" em relação à possibilidade de um acordo esta semana nas negociações de liberalização comercial da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra. Em ritmo de Copa do Mundo, Lagarde disse que os países europeus "estão no seu campo" e "esperando a bola". Ela acusou os grandes países emergentes, como o Brasil, de jogarem na retranca. Já os Estados Unidos, cuja seleção foi eliminada do Mundial, estão "totalmente impedidos".Entrevistada pela rede LCI em Genebra, Christine também mostrou preocupação com as posições de "abertura" planejadas pelo comissário europeu de Comércio, Peter Mandelson.Mandelson disse na última quinta-feira que a União Européia está disposta a melhorar sua proposta nas áreas de agricultura (o grande empecilho das negociações) e bens industriais. Ele acena com uma aproximação com as propostas do G-20 (formado por países emergentes, liderados por Brasil e Índia). A condição é que os Estados Unidos apresentem "movimentos verdadeiramente significativos".Os representantes da França na reunião em Genebra, porém, lembraram a Mandelson que ele não pode ir além dos limites fixados pelos Estados membros da União Européia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.