Frase

"Espero que o crescimento econômico do México seja zero em 2009, com os efeitos da recessão nos EUA atravessando a fronteira"Agustin Carstens, ministro de Finanças do México, em entrevista à rádio local Red

, O Estadao de S.Paulo

09 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.