Free-shops venderão produtos brasileiros

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, anunciou há pouco que as lojas francas (Duty-free) em aeroportos brasileiros passarão a oferecer produtos nacionais. O secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, que participou de entrevista realizada há pouco, no Ministério do Desenvolvimento, explicou que as lojas francas não tinham autorização para vender produtos brasileiros.Ele observou que essa é uma situação exótica, pois no mundo inteiro as lojas francas de aeroportos vendem principalmente produtos nacionais a turistas que estão de partida. Com a mudança aprovada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) as lojas francas poderão oferecer produtos como artesanato, cosméticos, eletroeletrônicos e bebidas, entre outros. A alteração depende ainda de decreto presidencial para entrar em vigor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.