carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

''''FT'''' alerta para ''''doença brasileira''''

Para diário, alta do real pode prejudicar a economia

João Caminoto e Ribamar Oliveira, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2004 | 00h00

O jornal Financial Times afirmou ontem que a valorização do real traz riscos para a economia brasileira. O diário britânico observou que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) está a caminho de superar 5% ao ano, a demanda e o crédito doméstico estão se ampliando velozmente, e o Brasil está protegido da volatilidade externa graças às elevadas reservas e aos superávits em conta corrente.''''O País, ao que parece, nunca esteve com saúde tão robusta'''', disse. ''''Por que, então, tem havido recentemente tanta conversa sobre ''''doença brasileira''''?''''O FT cita o exemplo da ''''doença holandesa'''', que atingiu o país europeu na década de 70, quando as exportações de uma reserva de gás recém-descoberta elevaram o valor da moeda a talponto que destruiu a competitividade do resto da economia. ''''O equivalente no Brasil ameaça tornar o país uma vítima de seu próprio sucesso.''''Segundo o diário, o real forte está tornando os bens brasileiros menos competitivos e tem produzido protestos em vários setores da indústria. ''''O perigo, segundo eles (os críticos), é que empregos com salários mais altos nas indústrias de capital intensivo e de outros setores tradicionais serão substituídos por outros com salários menores no setor de commodities.''''O economista Luiz Carlos Mendonça de Barros, ex-ministro das Comunicações, disse que ''''a doença brasileira é boa para o setor primário e má para os de valor agregado''''.O ministro da Fazenda, Guido Mantega, reagiu à matéria publicada pelo Financial Times. ''''Como se pode falar em desindustrialização se a indústria de transformação no Brasil está crescendo 5% este ano e cresceu 2,8% no ano passado?'''', questionou. ''''A maioria dos setores industriais está crescendo. Por isso é um equívoco falar em doença holandesa'''', disse. COLABOROU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.