FT destaca queda dos investimentos estrangeiros no Brasil

O Financial Times, em reportagem publicada hoje, destacou a queda dos investimentos investimentos diretos estrangeiros no Brasil.O diário financeiro britânico salientou que a Sobeet está revisando suas estimativas de IDE para este ano de US$ 10 bilhões para US$ 8 bilhões. "O anúncio coloca uma renovada pressão para que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva melhore as condições para investimentos e ajude a fortalecer a economia estagnada", disse o FT. "A lua-de-mel de Lula com os mercados financeiros nesta semana parece ter enfraquecido nesta semana, com os investidores ficando nervosos com a crescente insatisfação social, a estagnação econômica e as incertezas sobre as reformas da previdência e tributária."Parte da queda de investimentos diretos é resultado do desaquecimento da economia global e da difícil situação financeira enfrentada por muitas multinacionais. Mas, segundo o FT, os números da Sobeet mostram que a fatia do Brasil nos investimentos diretos estrangeiros globais deverá cair para 1,5% ante os 2,6% do ano passado. Mesmo se descontando os IDE resultantes do massivo processo de privatização da década passada, os indicadores mais recentes mostram como o Brasil está perdendo terreno como um páis favorito para investidores estrangeiros. No ano passado, o Brasil caiu do terceiro para o 13º lugar no ranking dos destinos mais favoritos de IDE, segundo levantamento da consultoria AT Kearney.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.