Funcionário da VW do Paraná paralisam atividades amanhã

Os metalúrgicos da unidade da Volkswagen de São José dos Pinhais, no Paraná, paralisarão as atividades por 24 horas na próxima quarta-feira em protesto às demissões anunciadas pela montadora. Os metalúrgicos farão também uma manifestação pública, às 9 horas, na Boca Maldita, centro de Curitiba.O plano de reestruturação da empresa prevê a dispensa, até 2008, de 5.773 trabalhadores nas unidades de São Bernardo do Campo, de Taubaté (bases da Central Única dos Trabalhadores - CUT) e São José dos Pinhais, base da Força Sindical. Em Pinhais, o corte deve atingir 1.420 pessoas. Assembléia No mesmo dia que será realizada a mobilização no Paraná. O sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté fará uma assembléia com os trabalhadores, na própria montadora, para definir os próximos passos. A reunião será seguida por um ato público, às 16 horas, na praça Dom Epaminondas, no centro da cidade. Segundo o sindicato, a manifestação tem como objetivo alertar a população sobre as demissões na montadora, que na cidade atingirá 681 trabalhadores. Além disso, a Volkswagen anunciou a redução de 35% dos salários, o aumento de 200% do valor cobrado pelo plano de saúde, o repasse salarial de 85% dos índices de inflação, além de terceirizações. As idéias foram rejeitadas na última sexta-feira, em reunião realizada em São Bernardo do Campo, com representantes de São Carlos, Curitiba e do Grande ABC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.