Rick Wilking/Reuters
Rick Wilking/Reuters

Funcionário recebe R$ 1,6 milhão por engano da empresa e desaparece

No Chile, homem mantém posse do dinheiro e some

Bruno Romani, O Estado de S. Paulo

25 de junho de 2022 | 22h30

No Chile, um homem recebeu por engano 281 milhões de pesos (equivalente a R$ 1,6 milhão) da empresa onde trabalhava, pediu demissão e desapareceu. Segundo o jornal argentino Clarin, o homem percebeu que estava milionário ao conferir o salário de maio.

A empresa de frios detectou o erro cometido pelo seu departamento de RH e comunicou ao funcionário que ele deveria comparecer a uma agência bancária para retornar o valor. Inicialmente, o homem fingiu que não tinha percebido o depósito, mas acabou desaparecendo. 

Dias depois, um advogado representando o homem comunicou à companhia que seu cliente não devolverá o dinheiro por considerar que não foi responsável pela transferência indevida. Além disso, o advogado apresentou uma carta do cliente na qual ele pede demissão. 

De acordo com a reportagem, a empresa entrou com uma ação contra o homem por apropriação indébita. Apesar do depósito ter sido um erro, a empresa argumenta que o homem não pode manter posse do dinheiro. Ainda não há informações sobre a localização do homem.   

Tudo o que sabemos sobre:
dinheiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.