AP Photo/Lionel Cironneau
AP Photo/Lionel Cironneau

Funcionários da BBC ganham até cinco vezes mais do que mulheres na mesma função

Executivos da emissora pública britânica reconhecem disparidade de valores e afirmam que situação mudará

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2017 | 19h51

A emissora pública britânica BBC revelou nesta quarta-feira, 19, que seus funcionários podem ganhar até cinco vezes mais do que as funcionárias do sexo feminino da emissora. Na lista dos dez maiores salários, os sete primeiros lugares são ocupados por homens. 

De acordo com a publicação, a apresentadora Claudia Winkleman, que ocupa o 8º lugar, ganhou aproximadamente 499 mil libras (equivalente a R$ 2 milhões) entre 2016 e 2017. Enquanto isso, o também apresentador Chris Evans, que está no topo da lista, ganhou 2,25 milhões de libras (cerca de R$ 9,2 milhões) no mesmo período.

Em segundo lugar aparece o ex-jogador de futebol Gary Lineker, que apresenta um programa de esportes na BBC e recebeu até 1,7 milhões de libras (aproximadamente R$ 6,9 milhões) entre o ano passado e este.

Essa é a primeira vez que o salário dos grandes nomes da emissora é revelado, por conta de novas normas internas. De acordo com o diretor-geral da BBC, Tony Hall, ainda há "mais a ser feito" sobre o abismo salarial entre homens e mulheres na empresa.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, pronunciou-se sobre a situação das funcionárias da rede pública e pediu por mais igualdade. "Estamos vendo como a BBC está pagando menos às mulheres que fazem o mesmo trabalho que homens. Quero que elas sejam pagas igualmente."

++ Nova York proíbe patrões de perguntarem: quanto você ganhava em seu último emprego?

O diretor-geral Tony Hall defendeu-se afirmando que a BBC é mais diversificada em termos de gênero do que a indústria de radiofusão e o serviço público em geral. No entanto, o executivo reconhece a necessidade de mudar a questão salarial. "Nós fizemos progresso, mas sabemos que há mais a ser feito e estamos trabalhando nisso", disse.

No total, a BBC gastou 193,5 milhões de libras (cerca de R$ 795 milhões) no pagamento de grandes estrelas entre 2016 e 2017, orçamento menor que o registrado no ano anterior, quando o total chegou a 200 milhões de libras (ou R$ 821 milhões).

Mais conteúdo sobre:
BBC Theresa May

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.