Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Funcionários da CVM e da Susep planejam greve para amanhã

Funcionários da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep) planejam para amanhã paralisação de atividades das 8h às 13h, em suas sedes no Rio de Janeiro. Segundo informações dos sindicatos de trabalhadores de duas instituições, os órgãos integram um movimento conjunto, do qual também participa funcionários do Banco Central e categorias do chamado "ciclo de gestão" (como funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada - Ipea). Eles reivindicam reajuste de salários. "Queremos reajuste salariais de no mínimo 10%", afirmou o presidente do Sindicato dos Funcionários da CVM, Luiz Alberto Garcia. De acordo com ele, a CVM tem cerca de 400 funcionários.Garcia considera que os funcionários da autarquia estão sem reajuste salarial há tanto tempo quanto os funcionários da Polícia Federal. "Mas eles são uma categoria mais forte, com atuação em aeroportos etc", observou. Garcia reclamou ainda que os funcionários da CVM enviaram ao governo um plano de cargos e salários há dois anos, e não obtiveram resposta por parte da União. Por sua vez, os funcionários da Susep, além da paralisação, planejam realizar uma manifestação em frente à sede da entidade, no Rio de Janeiro.De acordo com o sindicato dos funcionários da autarquia, existem cerca de 300 funcionários na ativa, na superintendência. Entretanto, o sindicato dos funcionários da Susep estaria convocando ainda os 650 inativos da entidade, para participar da manifestação. Os funcionários da Susep também desejam reajuste salarial de no mínimo 10% para suas categorias.

Agencia Estado,

19 de abril de 2004 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.