Funcionários da Eletrobrás entram em greve por 24 horas

Além da holding, movimento também atinge empresas controladas pelo grupo

Agencia Estado

21 de junho de 2007 | 12h45

Os funcionários do grupo Eletrobrás, holding estatal do setor de energia elétrica, entraram em greve nesta segunda-feira, 18, por 24 horas. Além da holding, o movimento atinge também as controladas do grupo, como Furnas, Chesf, Eletronorte e as distribuidoras federalizadas (Piauí, Alagoas, Rondônia, Roraima e Amazonas). A informação foi confirmada pela Agência Estado junto a fontes da empresa. Essas fontes afirmaram que não há risco de falta de energia.Os funcionários das empresas reivindicam aumentos salariais e alegam que a empresa tem oferecido reajustes abaixo do esperado e não aceita discutir outras questões, inclusive o vale-refeição. Além do movimento desta segunda, os funcionários ameaçam outra paralisação na semana que vem, nos dias 25 e 26, caso não haja avanço nas negociações.

Mais conteúdo sobre:
GreveEletrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.