Funcionários da Varig pedem US$ 300 milhões ao BNDES

Com camisas amarelas, trabalhadores da Varig encheram o plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro hoje, onde anunciaram oficialmente a criação da NV Participações. A nova empresa já pediu uma linha de crédito de US$ 300 milhões ao BNDES."A NV representa os créditos dos trabalhadores. Queremos participar da reestruturação da Varig e sentar na mesa com os outros credores. A criação da empresa permite isso", afirmou o presidente da Associação de Pilotos da Varig, Márcio Marsillac.Contrários à fusão com a TAM, os trabalhadores afirmam que a Varig lhes deve cerca de R$ 1,5 bilhão, considerando o patrimônio que deveria existir para garantir a aposentadoria deles no fundo de previdência Aerus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.