Funcionários da Varig podem entrar em greve

Funcionários da Varig iniciaram por volta das 13h30 assembléia na sede do Sindicato Nacional dos Aeroviários do Rio de Janeiro para discutir formas de impedir as demissões na companhia aérea e definir a realização de uma greve. Os aeronautas estão se reunindo também em São Paulo e Porto Alegre e a previsão é que os resultados da assembléia sejam divulgados no início da noite. Em comunicado divulgado para chamar os funcionários para a assembléia, a Associação de Pilotos da Varig (Apvar) informa que as demissões de pilotos descumprem os itens do acordo coletivo dosaeronautas. A Apvar, que foi fundada em 1960 e tem 1.600 associados, elaborou um projeto para a reestruturação da companhia aérea, que já teria demitido 30 pilotos ? número não confirmado. O presidente da empresa, Arnim Lore, confirmou que cortes estão sendo feitos e são necessários por causa da unificação das marcas do grupo (Varig, Rio Sul e Nordeste) numa só empresa. A principal companhia aérea brasileira deve ter novos controladores até o fim do ano. Ela teve prejuízo líquido de R$ 1,041 bilhão no primeiro semestre deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.