Funcionários da Varig vão à Brasília discutir intervenção do Aerus

O coordenador de Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), Márcio Marsilac, vai à Brasília na manhã desta terça-feira para discutir no Ministério da Defesa a criação de um grupo de trabalho, com o objetivo de analisar a intervenção e liquidação do fundo de pensão Aerus. A idéia é criar um grupo com técnicos da Defesa; da Secretaria de Previdência Complementar (SPC); e representantes de trabalhadores. A TGV defende a utilização voluntária de recursos dos trabalhadores no fundo de pensão para investigar na Varig e discorda da liquidação do fundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.