Funcionários da Volks prometem parar produção por 2 horas

Os trabalhadores da Volkswagen, de São Bernardo do Campo, prometem paralisar a produção, amanhã, durante duas horas, com o objetivo de pressionar a empresa a atender a pauta de reivindicações da categoria. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, os funcionários do turno da manhã da montadora vão paralisar a produção a partir das 6 horas. O turno da manhã tem cerca de 9 mil trabalhadores, entre mensalistas e horistas direto e indireto.Os funcionários da montadora, que começam a chegar ao local, de ônibus, às 5h30, deverão entrar na fábrica, vestir os uniformes e tomar o café da manhã, como fazem diariamente. Entre 6h e 6h30, prometem voltar ao pátio da indústria automobilística para aguardar a chegada dos mensalistas, que tem início às 7h20.O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, José Lopez Feijóo, reafirmou hoje que "o prazo limite" para negociação salarial com propostas concretas é 24 de outubro. "Se até lá não recebermos nenhuma proposta patronal, faremos uma intensa mobilização nas fábricas. E isso não significa apenas greve geral. Há outras formas de luta tão fortes quanto esta", disse. Como exemplos de outras formas de luta Feijóo citou ocupação de fábricas, paralisações de setores estratégicos, passeatas na Anchieta, paralisações de meio dia, um dia e uma semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.