Funcionários da Volvo também decidem entrar em greve

A Volvo do Brasil, instalada na Cidade Industrial de Curitiba, decidiu no início da tarde entrar em greve. Os metalúrgicos rejeitaram a proposta da empresa de R$ 600 de abono para os funcionários que ganham até R$ 3 mil e de R$ 400 para quem recebe mais que R$ 3 mil. A categoria pede reposição salarial de 14,61%. Às 14h os metalúrgicos da Volks/Audi em São José dos Pinhais também analisam a proposta de greve. A empresa oferece R$ 500 de abono, a serem pagos em cinco parcelas. Os funcionários da Renault já estão parados desde ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.