Funcionários de refinaria da Petrobras entram em greve

Cerca de oito mil funcionários que prestam serviços para a Petrobras no âmbito da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc) entraram em greve desde zero horas desta quinta-feira, 8. Os trabalhadores são terceirizados e atuam nas áreas de engenharia, montagem, manutenção industrial, construção pesada, entre outros, num total de 40 empresas que atuam na área. O sindicato dos trabalhadores reivindica reposições salariais que vão de 50% até 492,8%. Os sindicatos patronais da categoria convocaram para 14h30 desta quinta uma entrevista coletiva para explicar os motivos pelos quais não pretendem atender a reivindicação. Para essas entidades, a greve pode "prejudicar diretamente o programa de obras que a Petrobras está realizando na Reduc, com investimentos de cerca de R$ 3 bilhões. A estatal não se manifestou sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.