carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Funcionários do Banco Santos querem negociar com interventor

Um assistente do interventor do Banco Santos, Vanio Aguiar, deve receber hoje uma comissão de funcionários do banco. O grupo fez protesto na porta da instituição reivindicando uma negociação formal com o interventor. Segundo a diretora do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Maria do Carmo, foi o próprio interventor quem sugeriu, quando o Banco Central interveio no Banco Santos, que os funcionários formassem um comitê para negociar com ele. Há cerca de 15 dias, os funcionários mandaram uma lista de reivindicações, mas até o momento não obtiveram nenhuma resposta do interventor.A principal reivindicação dos funcionários é a reintegração dos trabalhadores que foram retirados do quadro do banco no fim do ano passado. Segundo Maria do Carmo, a maior parte dos funcionários da instituição foi transferida para outras empresas do grupo em dezembro de 2003. Agora, apenas 320 dos 800 funcionários permanecem na instituição. O problema, segundo a sindicalista, é que o BC só se responsabiliza pelos funcionários do banco. Os funcionários esperam receber amanhã os salários que ficaram bloqueados nas contas-correntes no dia da intervenção pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Agencia Estado,

22 de dezembro de 2004 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.