Funcionários do BC fazem paralisação de 3 horas

Os funcionários do Banco Central fazem hoje uma paralisação de três horas. Segundo a categoria, é um recado ao governo de que a categoria está mobilizada e preparada para entrar em greve por um reajuste de 57,64%. Como os funcionários são responsáveis pelo recolhimento e distribuição de numerário, os bancos podem sofrer com a falta de dinheiro nos caixas. No momento, o movimento é pacífico em São Paulo, onde o banco tem 700 funcionários. Há vários deles próximos à entrada da instituição na Avenida Paulista. No País o BC tem 4.700 funcionários, que também devem cruzar os braços por três horas.A categoria apresentou ao governo uma pauta de reivindicação que pede, entre vários itens, um reajuste de 57,64% - índice que se refere à inflação acumulada de junho de 1998 a 2002 (31,13%); reposição de 15% do período de 2003 a 2004, como concedido aos servidores do Congresso Nacional; reposição das perdas salariais, objeto dos 13 compromissos do governo na campanha eleitoral de 2002; e retroatividade a abril de 2005. O Sindicato dos Funcionários do Banco Central (Sinal) deve colocar em votação uma proposta de paralisação de 24 horas para quinta-feira, dia 18 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.