Funcionários do BNDES entram em greve

Os funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entraram em greve nesta quinta-feira, reivindicando 20% de reajuste salarial e abono de um salário e meio. A greve foi decidida na quarta-feira em assembléia e, a princípio, é por tempo indeterminado. Um nova assembléia, que será realizada nesta quinta, às 17 horas, no saguão do banco, no Centro do Rio, vai decidir os rumos do movimento. De acordo com a direção da Associação dos Funcionários do BNDES, apenas diretores e superintendentes estão trabalhando na sede do banco. Os funcionários rejeitaram a contraproposta da direção, que ofereceu reajuste de 3,84% e abono de meio salário, não incorporável à remuneração contratual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.