Funcionários do IBGE fazem greve de 24 horas

Os funcionários da área técnica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fazem hoje paralisação de 24 horas, aderindo ao movimento de funcionários do edifício-sede e da gráfica. Por causa da greve, foi adiada a divulgação da pesquisa sobre o mercado de trabalho segundo a raça dos trabalhadores. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que serve de referência para as metas de inflação do governo, foi divulgado normalmente, como estava previsto no cronograma do IBGE.Os servidores pedem reajuste emergencial de 12,5% e plano de carreira, entre outras reivindicações. Também denunciam a "fragilidade" do instituto de pesquisa e a terceirização dos serviços de coleta de dados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.