Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Funcionários do metrô de Londres fazem dia de greve

Paralisação pode afetar milhares de pessoas que buscavam os tradicionais descontos após o Natal 

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

26 de dezembro de 2011 | 10h45

LONDRES - Os condutores do metrô de Londres cruzaram os braços nesta segunda-feira, por uma disputa sobre pagamentos. A greve de 24 horas afeta milhares de pessoas que buscavam fazer compras, atrás dos tradicionais descontos dados pelas lojas logo após o Natal, no chamado Boxing Day.

A companhia Transport for London advertiu sobre "problemas severos" no metrô. Várias linhas estavam paradas, e havia serviços limitados no restante da rede metroviária.

O sindicato ASLEF realiza a paralisação de um dia para exigir pagamento extra para seus filiados durante feriados nacionais. Apesar dos problemas no transporte, multidões começaram a inundar as lojas em Londres e outras cidades britânicas, logo que o comércio abriu no início da segunda-feira.

O sindicato prepara mais três paralisações, em janeiro e fevereiro, se a disputa sobre os pagamentos não for resolvida. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
reino unidogrevemetrôparalisação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.