Funcionários do Walmart nos EUA listam locais para protestos na Black Friday

Um grupo de funcionários do Walmart que pleiteia salários mais altos disse que os trabalhadores estavam planejando protestar na Black Friday em 1.600 lojas nos Estados Unidos, em áreas que incluem Washington e Los Angeles.

REUTERS

21 de novembro de 2014 | 15h46

Durante a Black Friday, que ocorre no último fim de semana de novembro, redes varejistas oferecem descontos expressivos aos consumidores.

Mais de 60 protestos serão realizados na área de Washington, somente, na "maior greve na Black Friday até a data", disse o grupo OUR Walmart em comunicado divulgado à mídia.

O grupo também planeja greves na área de San Francisco, além de Sacramento, Chicago, Seattle, Texas, Minneapolis e Tampa, entre outros lugares.

O Wal-Mart Stores, dono das lojas com a marca Walmart e maior empregador privado dos Estados Unidos, tem sido alvo de ativistas em um debate nacional sobre propostas para elevação do salário mínimo.

(Por Sruthi Ramakrishnan e Ramkumar Iyer em Bangalore)

Tudo o que sabemos sobre:
VAREJOWALMARTBLACKFRIDAY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.