Fundação Ruben Berta ameaça fusão da Varig com a TAM

A primeira reunião do conselho de curadores da Fundação Ruben Berta (FRB), restituídos ao cargo por meio de decisão judicial, e a demissão de três executivos da Varig hoje poderão provocar uma reviravolta e interromper o processo de fusão com a TAM. O conselho rejeita o modelo que estava sendo negociado, que estipulava um participação de apenas 5% para a Varig na nova empresa. A TAM não admite participação maior do que isso. O conselho decidiu contratar consultoria técnica e jurídica para ?imprimir urgência máxima? à reestruturação das empresas do grupo. Em nota oficial, o conselho informa que o acordo operacional atual pode evoluir para uma ?eventual fusão desde que negociada em bases mais equânimes e transparentes, já que era inanceitável o modelo que limitava a 5% a participação societária da Varig?. A TAM não comentou a nota distribuída pelo conselho alegando que não havia recebido o documento.

Agencia Estado,

15 Julho 2003 | 20h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.