Fundo com recursos do FGTS deve começar em fevereiro

O fundo de R$ 5 bilhões de investimento em infra-estrutura com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, previsto no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), "deve entrar em operação em fevereiro, se tudo correr bem", disse hoje o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Wellington Moreira Franco.O fundo poderá arcar com até 30% do investimento total de projetos selecionados em áreas de infra-estrutura como energia, rodovias, ferrovias, portos e saneamento. "O regulamento do fundo foi aprovado ontem pelo Conselho Curador do FGTS e irá novamente para a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para aprovação. A política de investimentos do fundo também foi aprovada ontem", contou.Moreira Franco destacou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não fará repasse do fundo. O que pode acontecer é o fundo investir em projetos que estão na carteira do BNDES e são considerados bons projetos de infra-estrutura pela instituição.O vice-presidente de Atendimento da Caixa, Carlos Augusto Borges, comentou que além da parte do fundo de até 30% do investimento total, BNDES e Caixa também poderão investir nos mesmos projetos, assim como investidores privados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.