Fundo coreano Mirae lançará operações no Brasil e em Dubai

A Mirae Asset, maior fundo mútuo daCoréia do Sul, lançará importantes operações no Brasil e emDubai este ano, em um raro exemplo de um gestor de ativosasiático expandindo-se para além da região. O fundo de 74 bilhões de dólares planeja também abrirescritórios em Nova York e em Tóquio, com meta de administrarrecursos nesses mercados até o final do próximo ano, informou odiretor Mi Seob Kim, dos principais executivos internacionaisda Mirae. No Brasil, onde está buscando aprovações regulatórias eplanejando ter equipes de distribuição e marketing até o finaldo ano, a Mirae Asset espera replicar sua recente expansãoindiana, que já levantou cerca de 500 milhões de dólares,acrescentou. "Entre os mercados emergentes, o Brasil é um dos maispromissores... Recentemente o governo brasileiro permitiu queinvestidores locais invistam em ativos no exterior, então oBrasil é um mercado com um tremendo potencial", disse Kim àReuters em entrevista. "O plano é fornecer a investidores locais nossos produtosde investimento em mercados emergentes. Também estamosplanejando lançar um produto de investimento local." Em Dubai, a companhia espera levantar 500 milhões dedólares no primeiro ano de operação. (Por Jeffrey Hodgson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.