Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Fundo de ajuda a pequenas empresas recebe fortalecimento

Fundo recebeu aporte de R$ 500 mi e saldo chega à R$ 4 bilhões; Mantega diz que está "pronto para operar"

AE,

13 de agosto de 2009 | 15h15

O Fundo Garantidor de Crédito, que será operado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), recebeu um aporte de capital de R$ 500 milhões do Tesouro Nacional.  A informação foi dada nesta quinta-feira, 13, pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. "Agora, o fundo garantidor está em condições de operar", disse. Segundo o ministro, o BNDES aportou mais R$ 100 milhões e, com isso, o Fundo Garantidor, ao final, deverá ter R$ 4 bilhões.

 

O Fundo Garantidor foi criado para ajudar as empresas pequenas com dificuldade de crédito devido crise econômica. As operações com o fundo envolvem também o Banco do Brasil e bancos privados.

Tudo o que sabemos sobre:
fundopequenas empresasBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.