Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Fundo Garantidor de Crédito pode virar instituição especial

Com mudança, FGC poderia receber recursos do BC e atuar preventivamente junto a bancos em dificuldades

Adriana Chiarini, da Agência Estado,

26 de outubro de 2009 | 16h38

O Banco Central (BC) quer transformar o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) em instituição financeira especial. Assim, o FGC poderia receber recursos do BC e usá-los para atuar preventivamente junto a bancos em dificuldades, informou o presidente do Conselho de Administração do FGC, Gabriel Jorge Ferreira.

 

A ideia já está na proposta do BC de projeto de lei em audiência pública. "O FGC ganhará um papel novo. Será um coadjuvante do Banco Central na prevenção dos problemas em vez de atuar só depois das intervenções e liquidações (papel para o qual foi criado na década de 90)", disse Ferreira.

 

Na crise mais recente, o FGC já atuou de forma preventiva ao comprar carteiras de bancos pequenos e médios. Ferreira elogiou os bancos pela decisão. Depois os bancos recompraram as suas carteiras. Ele participou hoje do seminário "Resolução de Falência de Instituição Financeira", promovido pelo BC, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Fundo GarantidorBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.