Fundo quebra com dívida de US$ 3,6 bi

O Bolsa de Tóquio sentiu os reflexos da notícia da quebra do fundo japonês SFCG e fechou em queda de 0,54%. O fundo é especializado em empréstimos a pequenas e médias empresas e declarou falência ontem por não ter como arcar com dívidas acumuladas de 338,040 bilhões de ienes - ou US$ 3,631 bilhões. A crise das hipotecas e a piora dos mercados financeiros, influenciadas pela extensão dos problemas de crédito, tornaram difícil a operação e a obtenção de liquidez para saldar suas dívidas. Conhecida como Shohkoh Fund, a companhia deixará de ser negociada na Bolsa de Tóquio em 24 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.