Fundo Rio Atlântica inicia segunda emissão

As cotas referentes à segunda emissão do Fundo Imobiliário Rio Atlântica Hotel começam a ser vendidas hoje. No total, são R$ 2,1 milhões em lotes de 100 cotas de R$ 100, o que resulta em um investimento inicial de R$ 10 mil. Quando da primeira emissão, as cotas, no total de R$ 600 mil, foram vendida em apenas duas horas.O fundo, cuja carteira é formada por um hotel localizado no Rio de Janeiro, garantirá, em contrato, um rendimento mínimo bruto de 1,25% ao mês durante 24 meses. A taxa de administração é de 2% ao mês sobre a receita da aplicação. A estruturação do fundo é feita pela Brazilian Mortgages e sua administração cabe ao Banco Ourinvest. Setor em aquecimentoO investimento em imóveis tem sido muito procurado nos últimos meses como refúgio para os investidores que temem mudanças na política econômica do próximo governo e buscam a segurança de um ativo real. Nesse segmento, os investidores também têm usado os fundos imobiliários como alternativa de aplicação nesse segmento. O valor investido nessas carteiras tende a ser menor do que a compra de imóveis efetivamente e ainda há maiores facilidades para a administração dos recursos. Porém, trata-se de um mercado reduzido e com pouco volume de negócios. Dados da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) mostram que no Brasil existem hoje 61 carteiras de fundos imobiliários, as quais totalizam R$ 1,5 bilhão de recursos. Para se ter uma idéia, nos Estados Unidos são 179 fundos, os quais acumulam US$ 170 bilhões.Veja mais informações sobre os fundos disponíveis no mercado nos links abaixo. E veja também mais informações sobre a iniciativa da Sociedade Operadora do Mercado de Ativos (Soma) em consolidar, até o final desse ano, o mercado de registro, distribuição e negociação de cotas de fundos imobiliários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.